27 julho 2009

Para entrar em estado de árvore é preciso
partir de um torpor animal de lagarto às
3 horas da tarde, no mês de agosto.
Em 2 anos a inércia e o mato vão crescer
em nossa boca.
Sofreremos alguma decomposição lírica até
o mato sair na voz .
Hoje eu desenho o cheiro das árvores.

Manoel de Barros

6 comentários:

juliana de lamare disse...

muito lindo!

Lucas disse...

Eu quero me sentar nessa sombra...

Chico disse...

Muito imagético! Meio sinestésico também!

... disse...

Hahaha que legal que a sombra dessas palavras se formaram tantos desenhos de sentimentos!
adoro manoel de Barros, vou postar mais depois!
Anita

Nathalia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nathalia disse...

Gostei. É uma intensidade de sentidos, mudança e sentimentos bem bonita.