19 dezembro 2009

Chega

Estou só. Em Natal. No meio do Rio Grande do Norte, do calor, das praias, das pessoas magníficas, dos sertões. Aqui. Mas já estou farta daqui. Me tirem daqui. Quero voltar pra minha cidade cinza de carros e palavrões nos muros, quero o chuvisco, a fumaça, a noite. Quero a noite! Aqui tem noite também. Tem de noite e de dia. Mas aqui de noite não é como a minha cidade de noite. Ah não, não é mesmo. Aqui tem o Buraco da Catita que é o máximo, mas acaba cedo. E esse calor que me derrete os miolos. E esse calor... e esse calor...
Eu não fui feita para o calor assim como não fui feita para o dia, fui feita na minha cidade e é pra lá que eu quero ir. E me cansei daqui desta pousada que não é minha casa. Deste sol na telha. Desta piscina falsa. Destas praias tão lindas e tão cheias. Não quero nem ir à praia neste meu último dia. Não quero fazer nada. Só esperar a hora de ir embora.

2 comentários:

Ju_L disse...

olá sofia,

eu não te conheço, mas posso dizer que conheço essa sensação - "apesar" de baiana, não fui feita pra o calor e geralmente prefiro a noite...
e, afinal, não tem nada como a casa da gente...

Chico disse...

abduse-me Verão!