03 outubro 2009

O belo

Plotino (205 d.C. - 270 d.C.), filósofo egípcio, é o mais famoso continuador da doutrina de Platão e principal nome da chamada doutrina neo-platonista que dominaria completamente o mundo por um milênio (!!!), até a chegada de Tomás de Aquino (1225 d.C. - 1274 d.C.) e de sua Suma Teológica.

Os excertos a seguir provêm de, a meu ver, um dos textos mais bonitos da História da Filosofia, entitulado "Sobre o Belo", um clássico da humanidade. Separei os meus trechos preferidos. Serve como discussão sobre beleza, religiosidade e literatura - questões nunca esgotadas até hoje:


"É como um homem que mergulha no lodo: sua beleza deixa de ser visível, pois só o lodo passa a ser visível. A feiúra veio até ele pela adição de uma matéria estranha - e, se quiser tornar a ser belo, terá de se lavar e se limpar para tornar a ser o que era. Portanto, teríamos razão em dizer que a Alma torna-se feia pela mistura com algo que lhe é estranho (...) Para a Alma a feiúra é deixar de ser limpa e sem mistura, do mesmo modo que para o ouro é estar cheio de terra." (p.27-8)

"Então, precisamos subir de novo em direção ao Bem, para o qual tende o desejo de todas as Almas. Quem quer que o tenha visto sabe o que quero dizer quando digo que ele é belo. Como Bem, ele é desejado e o desejo tende para ele; mas só o alcançam aqueles que se elevam à região superior e se despojam das vestes que colocaram em sua descida - como aqueles que sobem em direção aos santuários dos templos devem se purificar, deixar de lado suas antigas vestes e subir sem elas - até que nessa subida tudo o que é estranho a Deus, vejam, sozinhos, em seu isolamento, simplicidade e pureza do Ser do qual tudo depende, para o qual todos os olhares se dirigem, do qual provêm o ser, a vida e o pensamento, pois ele é a causa da Vida, da Inteligência e do Ser." (p.30)


*Plotino, Tratado das Enéadas, Polar Ed., São Paulo, 2ªed., 2000.

(A pedido do Daniel)

Um comentário:

... disse...

Lucas....foi exatamente o que eu precisava escutar vindo lá dentro do infinito do meu peito, ecoando certamente por milenios.... hoje tive um dos dias mais impactantes da minha vida e tenho certeza que vi numa criança a face de Deus.

Obrigada Lucas, Obrigada Dani, Obrigada a fé, pois Deus é realmente o amor. Não há outra coisa que fazer nessa vida se não se dedicar a ele, generosamente ao BEM
Anita.